“Também temos saudade do que não existiu. E dói bastante.”
Carlos Drummond de Andrade.   (via carencias)